notícia
 
“Inaugurado em Condeixa um dos melhores serviços da Segurança Social do país”
Data: 2013-10-18







ver galeria de fotos
comente esta notícia
não existem comentários
imprimir

 

As novas instalações do Serviço Local de Condeixa-a-Nova da Segurança Social foram inauguradas esta manhã, com melhores condições de atendimento ao público e de trabalho para os atuais funcionários.

“Este é um dos melhores serviços da Segurança Social no país”, elogiou Ramiro Miranda, diretor do Centro Distrital de Coimbra da Segurança Social, sublinhando que a obra permite uma relação de proximidade, que muito presa, entre os utentes e o serviço. “Temos o dever de servir o melhor possível as populações”, disse.

As novas instalações, na Rua dos Combatentes da Grande Guerra, resultam de um protocolo assinado no dia 1 de Agosto entre o presidente da Câmara Municipal de Condeixa, Jorge Bento e o diretor do Centro Distrial de Coimbra da Segurança Social.

Ramiro Miranda, que marcou presença na cerimónia de inauguração, destacou ainda que entre dos dezassete concelhos do distrito, a Segurança Social dispõe de dois serviços com grande volume de atendimentos – Coimbra e Figueira da Foz - e outros quatro, de média dimensão, onde se inclui o de Condeixa.

“O desejo de mudar de instalações para melhorarmos o serviço já era antigo e concordamos que a Câmara seria uma entidade fundamental para concretizarmos essa vontade. Tenho Jorge Bento como um gestor e um humanista e essas caraterísticas mais uma vez se vieram a revelar-se ao colocar os superiores interesses da população de Condeixa em primeiro lugar”, disse.

A inauguração coincidiu com o último dia de presidência Jorge Bento que este sábado dará posse a Nuno Moita para cumprimento do próximo mandato. No discurso, o autarca cessante, mostrou-se realizado com o fato de “fechar o mandato com uma obra de serviço público, colocando ao serviço das pessoas umas instalações de grande qualidade”. De resto, Jorge Bento recusa assumir os louros deste acordo bem sucedido, considerando que “o dinheiro da Câmara vem do mesmo sítio de onde vem o da Segurança Social, ou seja, dos impostos dos portugueses. Nessa medida, não existem aqui capelas nem vontades contraditórias, o que existe é o dever de melhor servir as populações”, concluiu.

Os termos do protocolo recentemente assinado prevêem a cedência de parte do edifício anexo ao antigo Tribunal de Condeixa, na Rua dos Combatentes da Grande Guerra, ao Instituto da Segurança Social, por um período de dez anos. As obras de requalificação das novas instalações, a cargo da Autarquia, custaram cerca de 150 mil euros.

Este acordo permite melhorar a comodidade para os cidadãos, uma vez que o Serviço Local da Segurança Social passa a funcionar no mesmo espaço que concentra os serviços de Ação Social da Autarquia, permitindo tratar do maior número de assuntos e diminuir o tempo das deslocações entre diferentes serviços. Fica ainda reforçada a ligação com a Rede Social concelhia, da qual a Segurança Social faz parte enquanto parceira.

De acordo com o n.º 1 do art.º 18º dos Estatutos do Instituto da Segurança Social (ISS), "compete aos serviços locais prestar o atendimento ao público no âmbito do relacionamento do cidadão com a Segurança Social, podendo assegurar a prestação de outros serviços enquadrados na área de missão do ISS, I. P., que venham a ser superiormente definidos". Lê-se ainda nas várias alíneas do nº1 do art.º 19º dos referidos Estatutos, que cabem aos coordenadores dos serviços locais várias competências, entre elas, “orientar o atendimento presencial dos beneficiários e contribuintes”, “assegurar o recebimento de contribuições”, “assegurar o recebimento e tratamento de requerimentos” e “assegurar a difusão de informação relevante para os cidadãos”.

topo
voltar