100 Anos de Sophia

O Centenário de nascimento de Sophia de Mello Breyner Andresen (1919-2019) foi assinalado no Agrupamento de Escolas de Condeixa-a-Nova. Em 06 de novembro, o dia abriu com os textos da autora, trazidos pela voz do Grupo Lérias e Companhia, cujos elementos “assaltaram” as salas de aula, logo pela manhã. O contacto intergeracional entre miúdos e graúdos fez-se sob o mote da beleza das palavras, extraídas de narrativas e poemas, e assim se deu vida à obra criativa desta excelsa escritora portuguesa.  Ao longo deste dia, professores, alunos e funcionários puderam também escutar leituras nos átrios da EB nº2, com a intervenção das alunas do 6º C e do 6º E, que, orientadas pela professora Elvira Anselmo, deram vida às narrativas infantis e juvenis. As palavras de “A Menina do mar”, “O Rapaz de Bronze”, “A Floresta”, “A Fada Oriana” e “A Noite de Natal” foram relembradas e apreciadas por todos.

A semana prossegue nas bibliotecas, com exposições, representações e entrevistas com os alunos do 7ºA e B, sessões de leitura junto dos mais pequenos, visionamento de documentários e partilha de ideias em torno da obra grande de uma mulher singular, que tinha mar nos olhos, a Grécia no coração, a liberdade no ventre, a humanidade nos desejos e a poesia entre os dedos.

Durante este ano letivo, mergulharemos no mundo de Sophia. O objetivo é conduzir toda a comunidade educativa à descoberta da mulher poesia…  “Pudesse eu não ter laços nem limites/ Ó vida de mil faces transbordantes/ Pra poder responder aos teus convites/ Suspensos na surpresa dos instantes.”

 

b_500_0_16777215_00_images_artigos_04_AGRUPAMENTO_100AnosSophia_73533106_2659082477484850_8138063174436913152_n.jpg

b_500_0_16777215_00_images_artigos_04_AGRUPAMENTO_100AnosSophia_75398379_1731558216979857_820438117604392960_n.jpg

b_500_0_16777215_00_images_artigos_04_AGRUPAMENTO_100AnosSophia_73184564_533784400742541_8349146690887876608_n.jpg

 

 

© Rede de Bibliotecas de Condeixa

Pesquisa