Os melhores na Poesia

b_500_0_16777215_00_images_artigos_03_RBC_12concursoPoesia_XII_concursoPoesia_VENCEDORES.jpgRevelados os vencedores da 12ª edição do Concurso de Poesia

  

Conhecido como um país de poetas, ou não partilhássemos nós conterraneidade com Camões, Pessoa, Torga, Espanca, Sophia…, e apesar de a poesia ser um dos géneros literários menos apreciado em Portugal, podemos contar ainda com um fantástico universo de poetas em constante renovação.  Uma imagem que se espelha totalmente no Concurso de Poesia que a Biblioteca Municipal Engº Jorge Bento lança anualmente para, acima de tudo, criar e consolidar hábitos de leitura e escrita e promover a poesia em língua portuguesa, e onde quantidade e qualidade aumentam a cada virar de ano.

Com a 12ª edição lançada em janeiro e feitas já todas as avaliações, em 2024 a escolha recaiu unanimemente sobre “Ode à liberdade”, de Guilherme Castanheira, “Uma janela aberta para o mar”, de Xavier Zarco e “O azul em construção, de Côte D’Azur, conquistando os três lugares do pódio, respetivamente. Mas não só… Apesar de não subirem ao pódio, entendeu-se ainda premiar outros trabalhos de relevo criativo com a atribuição de menção honrosa a “A dívida”, de Marina Ferraz, “Breve estória da minha magnólia”, de Paulo Carreira e “Rafeiro”, de António Ferreira.

 

A entrega dos prémios terá lugar em cerimónia própria, já no próximo dia 23 de março.

 

Muitos parabéns aos vencedores!

 

Afinal a poesia em português está bem e recomenda-se!

 

1º classificadoOde à Liberdade, de Guilherme Castanheira - ler poema

 

2º classificadoUma janela aberta para o mar, de Xavier Zarco (pseudónimo) - ler poema

 

3º classificadoO azul em construção, de Côte D’Azur (pseudónimo) - ler poema

 

Menções Honrosas:

A dívida, de Marina Ferraz - ler poema

Breve estória da minha magnólia, de Paulo Carreira - ler poema

Rafeiro, de António Ferreira - ler poema

 

 

 

 

 

 

Pesquisa