Contos Exemplares - por Sophia de Mello Breyner

A história que eu li pertence ao livro “Contos Exemplares” de Sophia de Mello Breyner e chama-se “Os três reis do Oriente”. Esta história fala-nos das razões que levaram os três reis do oriente (Gaspar, Baltasar e Melchior), a seguirem a estrela que os levou ao menino Jesus.

 

A primeira explicação diz respeito a Gaspar. Este vivia na cidade de Kalash, onde um Príncipe instaurou o “culto do bezerro de ouro”, que consistia nas pessoas irem oferecer ouro ou venerarem a estátua de um jovem bezerro coberto de ouro. Só os pobres não o faziam, porque achavam que o bezerro não os amava e esperavam que aparecesse outro deus. Gaspar também não se apresentou ao bezerro, dizendo que estava à espera que a Terra e o Céu anunciassem outro Deus. Isto levou a que lhe tirassem as regalias que possuía e, então, deixou de ter soldados para proteger o seu palácio e as suas caravanas, deixou de ir aos banquetes, etc. A partir daí, Gaspar foi assaltado, os amigos e a família abandonaram-no e ele ficou sozinho naquele palácio. Até que, uma noite, ele estava ajoelhado no terraço a olhar para o céu e pediu um sinal. Viu, então, aparecer uma nova estrela que se deslocava para Ocidente e foi para seguir essa estrela que Gaspar abandonou o seu palácio.

A seguir vem a explicação de Melchior. Havia uma placa de barro com várias coisas escritas numa linguagem muito antiga, que o rei Melchior traduziu como “Ao mundo será enviado um redentor e uma estrela subirá no oriente para guiar aqueles que buscam o seu reino”. Mas como ele não tinha a certeza do que lá estava escrito, convocou uma assembleia de historiadores e deu-lhes trinta dias para estudarem a placa de barro; estes apenas decidiram que em vez de lá estar escrito “redentor” seria “grande rei”;e então ficaria “Ao mundo será enviado um grande rei e uma estrela subirá no Oriente para guiar aqueles que buscam o seu reino”. Melchior fez a mesma coisa com os letrados e depois com os sapientes, mas não chegaram a nenhuma conclusão.Até que, uma noite, Melchior meditou um pouco sobre a placa e viu então a estrela que se deslocava para Ocidente e deixou o palácio.

A última explicação é a de Baltasar. Ele era rei e adorava as festas e tudo o que tinha a ver com o facto de ser rei. Um dia viu no jardim um homem com fome e convidou-o a entrar,para lhe dar comida, mas quando o homem viu que era o rei fugiu com medo que o prendessem; Baltasar disse aos guardas para o procurarem, pois não o queria deixar passar fome, mas estes não o encontraram. No dia seguinte, Baltasar disfarçou-se e saiu sozinho do seu palácio para o procurar. O rei ficou muito admirado com tanta pobreza e, quando regressou ao palácio, disse aos guardas para distribuírem comida e ouro pelas pessoas; mas estes disseram que os tesouros do rei não chegavam para todos e que se fizessem o que Baltasar tinha mandado os muros que o protegiam iriam cair e isso não era bom para o reino. Então, naquela noite, Baltasar pediu ajuda ao céu e apareceu a estrela que ele seguiu, deixando para trás o seu palácio.

Eu gostei desta história e recomendo que a leiam, porque ficamos com uma ideia dos motivos que poderão ter levado os três reis do Oriente a irem ter com o menino Jesus, acreditando e deixando os seus bens materiais.

 

Joana Pires | 8ºD |  Eb nº2 | jan. 2015

 

b_500_0_16777215_00_images_EspacoLeitor_contosExemplares1.JPG

Pesquisa